browser_en

Browser, setting and addons

Introdução

O navegador Internet, Browser em inglês, é uma das ferramentas mais usada para aceder ao Internet. Também é a melhor ferramenta para ser espiado se o nosso navegador não esta bem configurado.

O motor de pesquisa

Google é sem duvido o melhor motor de pesquisa. No entanto, cada pesquisa que fazemos esta a ser gravada no perfile que Google tem de nos. Para este rezão, aconselhamos de usar duckduckgo.com, o motor de pesquisa que protege a nossa vida privada (ler mais). Se os resultados não são aceitáveis, é sempre possível de adicionar !g em frente à pesquisa para usar o motor Google em vez de duckduckgo. Duckduckgo vais nos agradar em 90% dos casos.

 

Os Cookies

São ficheiros pequenos que os sites Internet podem deixar no nosso computador para identificar o nosso perfil e as nossas preferências. Desta maneira, cada vez que fazemos uma visita, os sites não precisam de ré-pedir informação como o nome de utilizador / palavra chave para por exemplo aceder às nossas preferências ou aceder aos nossos emails no caso de um site webmail (ex: gmail).

Portanto, estes ficheiros são muito úteis e facilitam a nossa vida.

Agora, emitimos a hipótese que temos uma conta Facebook. A cada visita de um site que tem um componente Facebook (botão Like, Gosto ou outros), Facebook vai usar os cookies que deixou na nossa maquina para registar a nossa visita nesta site. Desta maneira, alem de usar todos os dados que preenchemos na nossa pagina, Facebook pode completar o nosso perfil com os registos de todos os sites que visitamos que usam componentes Facebook (hoje em dia, todos os sites Internet maiores usam!)

Mesmo exemplo com o Google. Emitimos a hipótese que usamos Google para pesquisar no Internet ou que temos uma conta Gmail. Google também deixa coockies no nosso computador para nos identificar. Sem contra indicação, Google vai registar todas as pesquisas que fazemos no motor de pesquisa. Alem disso, ele vai registar todos os site que visitamos que tem componentes da Google. Não é visível, mas a grande maioria dos sites existentes usam componentes da Google:

  • 57% dos sites usam o componente de Google que calcula as visitas (Analytics)

  • Todos os sites que integram uma vídeo Youtube (Youtube é da Google)

  • Todos os sites que integram publicidade da Google

  • Quase todos os sites que integram uma mapa vem da Google

  • Muitos novos sites usam cada vez mais as tipografias da Google (Google Font)

  • Todos os componentes de partilha da rede social Google+

  • Etc.

Resumindo, se usamos Google e que o nosso navegador não esta correctamente configurado, Google vai registar todos os sites que consultamos.

Desta maneira, Facebook, Google, mas também muitas outras empresas estão a constituir perfil muito completos sobre nos. Alguns analistas afirmem que “Google nos conhece melhor do que nos próprio”. Google, Facebook e outros estão a lucrar com os nossos perfis sem que nos estejamos correctamente informados.

A solução para proteger mais os nossos dados pessoais não é de recusar os Cookies ou desactivar Javascript porque é quase impossível navegar sem isto. A solução é configurar correctamente o nosso navegador Internet.

Bem configurar o navegador, significa também evitar as publicidades e vírus que podem nos afectar via o navegador (adware, malware). Portanto vamos proteger mais os nossos dados de navegação e também proteger mais a nossa maquina das intrusões.

Escolha do navegador Internet

Os navegadores os mais usados são os seguintes (Juin 2015):

  • Chrome (~42%)
  • Safari (~18%)
  • Internet Explorer (~12,7%)
  • Firefox (~10%)
  • Opéra (~3,6%)

Existe também o navegador Tor que permite de navegar no Internet de maneira totalmente anónima. Vamos escrever um artigo mais especifico sobre o Tor numa próxima sessão.

O nosso conselho é de usar Firefox, ferramenta gratuita e Open Source, desenvolvido no interesse do utilizador. A fundação Mozilla mostra transparência, independência e sobretudo uma vontade de proteger a vida privada dos utilizadores: https://www.mozilla.org/pt-PT/firefox/desktop/trust ou https://www.mozilla.org/pt-BR/privacy/tips/

Os outros navegadores possíveis são geridos por empresas privadas cujo interesse é de recuperar ao máximo os dados dos utilizadores para fazer lucros.

No entanto, se por restrições profissionais ou por escolha própria, só podem usar os outros navegadores, vamos propor também a configuração dos outros navegadores.

  • Configurar Safari (em breve)
  • Configurar Opéra (em breve)

 

Testar o nosso navegador

Podemos testar a segurança do nosso navegador de Internet com este site desenvolvido pela EFF (Electronic Frontier Fondation):

https://panopticlick.eff.org/